Por que ele tem que ser assim?!?!?!

Bom dia meninas!!!!! Vamos falar de homens? 🙂

Eu acredito que, assim como eu, muitas de vocês já ficaram loucas com seus namorados/maridos/ficantes e pela maneira como parecia que eles não estavam nem aí para nada ou como ficam distraídos facilmente. Pois é… foi com muito custo, depois de ler muitos livros e conversar muito com uma psicóloga que consegui entender esse jeito aparentemente displicente deles. E então minha convivência com meu marido ficou bem mais fácil (ufa!)

O que mais me irritava no meu marido era como ele ficava horas jogando no video-game e como ele se distraía fácil no meio de uma conversa. O que eu não estava levando em conta é que o video-game (ou luta, ou futebol, ou qualquer outra dessas chatices que não fazem sentido para a gente), para o homem, é uma forma de ele ter uma “folga” das responsabilidades que vêm com a vida adulta e sentir-se novamente naquela juventude em que o maior problema era que jogadores escalar para seu time. Por isso, começamos a fazer um trato: o horário de video-game é o horário do meu tempo para mim. Nesse horário eu faço a unha, leio meus livros, testo maquiagens novas, tudo do ladinho do meu amado e enquanto ele não só se diverte e relaxa, mas também sente que estou fazendo parte de seu momento de prazer.

Com relação à distração, temos que culpar a biologia, e não os mocinhos: o cérebro masculino não consegue se focar em um assunto que não lhe seja interessante por mais que alguns minutos. Por isso, quando conversamos com eles, temos que ir direto ao ponto. E não usar indiretas, nem entrar cuidadosamente em uma conversa. Eles precisam de informação direta para poder processar, pois é assim que funciona o seu raciocínio. Não adianta ficar dando indiretas sobre como você gostaria de ir jantar em um restaurante diferente, porque ele vai entender exatamente o que você disser, e não o que você quiser dizer. Também não adianta ficar por 40 minutos falando sobre como você se sente rejeitada quando ele não presta atenção em você – enquanto você fala, ele vai pensar no técnico novo do São Paulo, nas contusões do Pato, no cinturão do Cigano, em quando é a próxima disputa… e você só vai ter gastado a saliva. O melhor é criar um discurso curto, direto, carinhoso e com poucas palavras.

De maneira alguma estou querendo dizer que homens são infantis ou burros. Que fique muito claro que nós, mulheres, também temos nossas limitações – ou será que os possíveis seres de outro planeta não acharia estranho usarmos um aparelho que parece uma tesoura para deixar cílios curvados?? Também pode ser estranho para os homens a necessidade que temos de ser mimadas o tempo todo. E o segredo para um casal ficar bem é um entender essas limitações do gênero do outro – ou, melhor dizendo, essa “engenharia de pensamento” – para evitar brigas e desentendimentos.

Na próxima semana vamos falar mais sobre esse tema. Beijocas!!

Anúncios

Diga o que pensa sobre isso

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s