Cartão de crédito com sala VIP vale a pena?

Olá lindas!! Saudades de escrever para vocês!! Eu aprendi e vi muita coisa legal nessa viagem para compartilhar com vocês – e minha primeira escolha foi falar sobre sala VIP. Isso porque estou mais que morta desfalecida depois de tantas horas de viagem, e percebi que seria legal compartilhar com vocês minha opinião sobre salas VIP.
Caso viaje pouco, já nem aconselho esse tipo de cartão por motivos óbvios. Mas também nâo aconselho caso, mesmo que viajebastante, suas viagens sejam nacionais. Isso porque, além de viagens nacionais (normalmente) não serem longas o suficiente para você precisar de um respiro, as salas nacionais são fracas – com exceção das salas de cartão Black ou Infinity, cujas anuidades chegam a obcenos R$ 500,00 ao ano (sério, para que gastar tudo isso para ainda pagar imposto de 6% sobre cada compra e ainda ter uma taxa de conversão sacana?). Agora, se você nasceu com uma estrela da sorte como minha mummys e ganha esses cartões sem pagar nada por isso, parta para o abraço 🙂
No meu caso, eu escolhi o cartão Diners Exclusive. A anuidade dele é bem mais barata que do Visa ou Master, com a vantagem de ter salas VIP no mundo todo. Maaaas a sala VIP do aeroporto de Guarulhos, por exemplo, não vale nem o esforço de subir a escadinha que dá acesso a ela…a menos que você esteja buscando conexão wireless grátis 😉

Atualização de 7/2/2014 -> A Diners fechou a sala do aeroporto de Guarulhos. Minha esperança é que tenham planos de fazer uma sala decente para substituí-la, mas não tenho ainda nenhuma informação sobre isso…
image

e aí que entra meu conselho de só considerar a sala VIP como realmente um benefício se você viaja para fora do Brasil pelo menos uma vez por ano (lembrando que fazer turismo pelo Brasil é uma das opções mais caras do nosso continente, por isso viajar para fora não é privilégio de poucos).
As salas VIP decentes de fora têm sanduíches, sucos, água, conexão wireless, bolachas e às vezes até massagem paga.
image

image

Na ida, isso tudo parece fútil. Mas na volta, principalmente se você tem conexões com muito tempo de espera, esses mimos vão salvar sua sanidade mental. E também te fazem economizar, afinal preço de comida em aeroportos é um assalto. Eu, por exemplo, nem almocei antes de sair do México e
almocei na sala VIP – só isso já me valeu a anuidade. E ainda tem o conforto de sentar em sofá de verdade ao invés de cadeirad duras por horas e ainda poder deixar a bagagem em um armário trancado, para não ter que ficar paranoica por horas olhando as sacolas.
image

Por tudo isso lindonas, se são como eu, que fico meses sem comprar roupa ou ir ao salão mas não deixam de viajar, peçam no seu banco um cartão que dê direito a sala VIP. Para mim, vale muito mais a pena que milhas -que em tantos anos não me serviram de quase nada!
Beijocas, fiquem com Deus!

Anúncios

One response to “Cartão de crédito com sala VIP vale a pena?

  1. Pingback: México muito além dos nachos e tacos: Coyoacán | De Salto Alto e Notebook·

Diga o que pensa sobre isso

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s