Minha reeducação alimentar – alguns esclarecimentos

Hello galz!! Tudo bom com vocês?

Hoje venho falar de uns esclarecimentos sobre minha reeducação alimentar, porque vejo que mesmo com tanta informação disponível na internet ainda tem gente que acha que isso nada mais é que um nome chique para regime.

Eu sou uma pessoa que gosta de comer. E que gosta de comer bastante, até se sentir totalmente ‘preenchida’. Por isso tinha muito medo de encarar de verdade uma mudança no estilo de vida – sentir fome me dá medo, eu sempre acho que vou desmaiar a qualquer momento quando meu estômago ronca #DramaQueen

Mas uma reeducação alimentar de verdade faz com que você coma o tanto que tem que comer para se sentir bem. Lógico que uma pessoa normal não deve comer até não caber mais no estômago, não é isso que quero dizer que acontece. O que realmente acontece é que seu corpo aprende o quanto precisa de comida, e você aprende que emoções devem ser lidadas com carinho e auto conhecimento, enquanto que fome deve ser lidada com comida. Essa grande diferença já é o pulo do gato para você ter a cabeça mais fresca na hora de escolher o que e quanto comer.

Um dos segredos que eu aprendi foi o planejamento: não ter besteiras em casa, e ter várias opções de lanchinhos saudáveis à mão. Não saio de casa sem um queijo fundido light e um pacotinho de frutas secas. E meu armário tem sempre várias opções de petiscos para o meio do dia (afinal, temos que comer a cada 3 horas para manter o metabolismo funcionando).

A Reeducação Alimentar é aprender novamente como que se come – e isso não é nem de longe uma coisa ruim. É uma coisa boa, que permite a você exercitar o respeito e o amor a si mesma.

Lembre-se de ver mais artigos sobre minha ‘saga’ aqui!

beijocas, lindas!!

Anúncios

6 responses to “Minha reeducação alimentar – alguns esclarecimentos

  1. Pingback: Já ouviu falar de Calorias Negativas? | De Salto Alto e Notebook·

  2. Quantas palavras de sabedoria querida…Nosso relacionamento com a comida não deve ser emocional e sim comer apenas para satisfazer suas necessidades fisiológicas, disse tudo, porém essa é uma batalha diária e eterna que teremos que lidar, e o conhecimento sobre as consequências de uma má alimentação é uma das nossas melhores armas. Bjões querida!

    Gostar

  3. Pingback: Ceias sem neurose! | De Salto Alto e Notebook·

Diga o que pensa sobre isso

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s