A vida real muito loka de Hollywood

Oi queridas!!

Eu vou ser sincera: Los Angeles não estava nos meus planos. Eu queria muito conhecer Hollywood, sem saber o que esperar, e por isso colocamos a cidade entre Las Vegas e San Francisco. E pareceu conveniente, porque de lá podíamos pegar a Highway 1, a menina de ouro de nossa viagem. Mas eu tinha separado somente 1 dia inteiro… para mim, era mais que suficiente para ver a calçada da fama, tirar uma foto do letreiro e ir embora. E agradeço até hoje meu querido amigo, padrinho de formatura e mestre, Ronchi, por ter me convencido a tirar dias de Las Vegas para passar mais tempo em Los Angeles.

A cidade

Los Angeles foi nossa primeira parada na Califórnia. E foi bem interessante ver a diferença desse Estado, que é basicamente latino, para outros Estados em que estávamos vivendo. É uma baguncinha interessante, uma sensação de cada um fazer o que dá na cabeça, misturada com um ar anos 90 que ainda se vê na moda da rua. Mulherada de cabelo com cortes radicais, shorts de cintura alta, homens engravatados ao lado de punks e veteranos de guerra, gays andando tranquilamente de mãos dadas sem ninguém dando aquele olhar nojento de reprovação… mas também tem áreas bem perigosas, que devem ser evitadas por turistas, e um transporte público que me deixou tão irritada quanto São Paulo.

Para usar o metrô você precisa de um cartão que parece um Bilhete Único de São Paulo. Você pode comprar o cartão nas máquinas que ficam na estação mesmo, mas vale a pena perguntar antes no hotel se algum turista deixou o seu e economizar esse dólar (nós deixamos os nossos na recepção para outros turistas). Para carregar também é bem fácil, mas é tudo na máquina. Não tem pessoas na bilheteria, então lembre-se de carregar dólares, de preferência moedas, para onde você for. E o troco da máquina é sempre em moedas, então não faça como eu de comprar uma passagem com U$ 20 ou você vai carregar muito peso no passeio 😦

Nosso hotel

Ficamos em um motel chamado Coral Sands. Como disse antes, motel americano é um hotel simples, normalmente com serviço de quarto limitado a limpeza e sem café da manhã. Este hotel fica a 1 quadra do metrô, ao lado de um supermercado, ao lado de uma Ross (é uma rede de lojas que vende o que “sobra” dos outlets – roupas a preços irreais) e pertinho do Griffit (observatório). Além disso, os recepcionistas dão ótimas dicas de como aproveitar melhor seu tempo por lá, e ajudam no que você precisar. No hotel também tem uma piscina pequena e uma jacuzzi. Entre minhas esquisitices estão ter nojo de lugares onde várias pessoas se banham, então não fui em nenhuma das duas… mas estavam bem limpas! Eu adorei sentir novamente aquele ar de albergue de mochileiro que desde 2004 eu não tinha ❤ Isso significa que ele é super simples (e o ar condicionado é meio fedidinho hihihi), mas por U$ 90 para ficar em Hollywood está ótimo! Além disso, ele está a poucos metros do Thailand Plaza, um restaurante tailandês chiquetoso mas cm preço bem simpático e atendimento divertidíssimo. Super sugiro jantar lá!

LA-ThailandPlaza (3)

Hollywooooood!!!!

LA-Sign (8)

Hollywood é um bairro de Los Angeles que fica perto das colinas. Lá, vivem vários artitas ricos (que estão se mudando para Beverly Hills, cidade vizinha, porque  lá a prefeitura investe mais em paisagismo e segurança das figuraças) e também gente do país todo em busca da fama.

A Hollywood Boulevard fica fora da área residencial e é onde tudo acontece: nós passamos 2 tardes andando de um lado pro outro e nos divertindo muito com as figuras que marcam ponto por aí. O ponto principal é o Teatro Chinês, de onde saem os tours, e onde ficam os artistas tentando ganhar fama e vender CD. Ele fica na estação de metrô Hollywood/Highlands – desta esquina você pode ver o letreiro famoso nas colinas. Mas não é o melhor lugar para fotografar porque ele fica muito longe.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Não caia na lábia dos que ficam distribuindo CDs – quando você pega, eles ficam enchendo o saco para você dar U$ 5 para ajudar o artista. Eu caí na besteira de ajudar uma “artista de jazz” e o CD era de rap 😦 #não.

No teatro chinês também está outra super atração da cidade: a Calçada da Fama. E aí vale um parêntese: eu sempre achei que a calçada da fama era uma “atração cercada”, uma coisa fechada, com os pés dos artistas. Mas não é! É uma calçada normal, por onde todo mundo anda pela Hollywood Boulevard, a rua principal. Tem um pedaço bem na entrada do Teatro Chinês que é feita de pés de artistas, e então toda a calçada da rua que é feita de estrelas com o nome dos outros artistas. Eu não sei o critério para estar na Casa Grande ou na Senzala, mas tem artistas que eu nunca ouvi falar e estão com as patinhas bem na frente do Teatro Chinês.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Pela Hollywood Boulevard há várias lojas de lembrancinhas, e as mais baratas são as que ficam mais próximas da estação de metrô Hollywood/Vine.

Um pouco complicado é achar um lugar de onde se consiga tirar uma boa foto do letreiro. Ele é o pounto turístico mais fotografado de Los Angeles e era uma peça publicitáriaque foi colocada lá para tentar vender terrenos nas colinas. Quando ficou famoso, vândalos imbecis quase o destruíram e então a prefeitura cercou uma área grande em volta do letreiro, de forma que é difícil uma boa foto. Nós achamos que o melhor lugar é a N Hollyridge  Drive, gostam de tirar foto da Mulholland Dr.

Casas dos Famosos

Nós fizemos um passeio que saía do Teatro Chnês e se chamava Celebrity Homes. Estávamos emplgados porque iríamos ver as casas do Bruce Willis, Kate Perry, Tom Cruise… mas foi uma decepção. O guia era antipático, falava mega rápido com um sotaque texano que só por Deus, dirigia mais rápido ainda e as casas tinham tantas árvores na frente que não se via nada! Mas é um passeio legal, então a dica que dou é comprar na Hollywood Boulevard (também deve vender no centro) um Celebrity Map. É um mapa da cidade com as casas dos artistas, casas dos crimes famosos e locações de filmes. Se você tiver alugado um carro (o que eu recomendo para Hollywood, afinal não se vê o letreiro de uma posição boa através de transporte público), você vai só nas casas que te interessam e no seu ritmo. Nós fomos na casa do Anthony Kiedis (até deixamos um bilhetinho <3) e descobrimos sem querer que de frente da casa dele a vista do letreiro é linda! A foto aí de cima é de lá.

Os Tours

Fizemos somente um tour e detestamos. Mas nós também detestamos qualquer tipo de excursão, porque gostamos de fazer tudo no nosso ritmo e do nosso jeito. Se você puder, eu recomendo alugar um carro para ir à Warner (que vou contar num próximo post) e  fazer um passeio pela área residencial de Hollywood e pelas praias (também vou contar mais pra frente), e deixar o transporte público para ir ao centro e passear pela Hollywood Boulevard. Como dá para fazer Hollywood residencial + Santa Mônica em um dia só, você pode alugar o carro em uma manhã e devolver na manhã seguinte. Eu não recomendo ficar andando pelo centro e pela região da Hollywood Boulevard com ele porque é facinho de tomar multa – nós tomamos uma de estacionamento proibido onde não tinha sinalização.

Downtown

Nós não conseguimos ir para o centro de Los Angeles. Os locais e os guias de turismo que lemos sugeriram não ir para o centro depois que escurecesse, e já tínhamos os dias todos ocupados, então acabamos perdendo o passeio 😦 mas tem um tour que sai da estação Union que é da própria prefeitura e custa U$ 10. Esse tour foi muito bem cotado, vale a pena dar uma olhada nos horários de saída quando você for. E Los Angeles, apesar de ser uma cidade cara (comparada com outras cidades do país), tem muitas opções gratuitas. Vale a pena dar uma olhada no que você pode fazer de graça antes de ir.

Estúdios e praia

Nos próximos postas vou contar sobre nossa visita ao Warner Studios, um dos pontos mágicos do passeio, e Santa Mônica, linda praia do Pacífico e onde começa a Route 66.

Um super beijo pra vocês, fiquem com Deus!!

Anúncios

One response to “A vida real muito loka de Hollywood

  1. Pingback: Arredores de Los Angeles – Estudio Warner Bros. | De Salto Alto e Notebook·

Diga o que pensa sobre isso

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s