Fazendo a diferença no trabalho

Olá queridas!!

Quando a gente começou a se planejar para viajar, começamos a economizar o Vale Refeição para usar na viagem. E conseguimos economizar um valor bem legal, e estávamos contando com isso para viajar. E aí, 4 dias antes das minhas férias, meu vale parou de funcionar.

desespero

Eu enlouqueci, e mandei um email para a empresa que cuida dos benefícios da empresa explicando que eu precisava de um vale novo DJÁ, para poder viajar. A primeira pessoa que me respondeu disse que o prazo era de 7 dias, então não daria tempo de chegar. E só… eu sofri…

mantenhaacalma

Mas não foi calada… mandei outro email, copiando outras pessoas do departamento. E uma moça muito simpática, a Aline, disse que entendia que a situação era crítica e ia fazer tudo o que estivesse ao seu alcance. A Aline ligou para a Sodexo, ligou para motoboy, ligou para Deus e o mundo, e um dia antes de eu viajar meu vale chegou às minhas mãos

festa_estrobos

(e ainda bem que chegou, porque acabou o dinheiro! hahaahahaha!!!!)

Essa situação me fez pensar na importância que as pessoas que fazem mais do que aquele roteirozinho que descreve sua função têm na vida das pessoas ao seu redor. A primeira pessoa que me respondeu não estava exatamente errada – era função dela dizer que demorava 7 dias para chegar. Mas ela falhou em enxergar a situação como um todo: não era um caso normal. O impacto era realmente grande. E foi o que a Aline fez. Ela viu não só um email de solicitação de novo vale. Ela viu uma pessoa passando meses planejando uma viagem, mudando sua rotina para ter saldo suficiente para curtir um passeio depois de um ano de trabalho muito duro, e viu que essa pessoa podia ter esse sonho arranhado se o vale não chegasse. E aí ela fez muito mais do que diz a descrição do seu trabalho. Ela foi atrás, ela ativou seus contatos, fez e aconteceu. E garantiu que a função de verdade do seu trabalho fosse alcançada. Ela viu seu trabalho como algo além de pedir novos vales. Ela enxergou que sua função no mundo, naquele momento, era garantir que os funcionários seguissem seus planos relacionados a alimentação sem problemas.

Lógico que eu mandei um buquê com um cartão de agradecimento – ela mereceu. E eu quis compartilhar essa história com vocês para que vocês possam pensar em como têm enxergado seu trabalho. É como um jeito de trazer dinheiro para casa? Ou é como uma ferramenta para trazer alegria, realização e apoio no mundo? A forma como você vê o que faz vai determinar a realização que você tem como fruto do seu trabalho.

Um super beijo para vocês, fiquem com Deus!!

Anúncios

Diga o que pensa sobre isso

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s